17 de abr de 2009

Rua sem calçamento dificulta mobilidade de idosos



[Matéria de Jonas Costa para a Gazeta do Vale]

Transitar pela rua dos Beija-Flores em dia chuvoso é tarefa difícil. Lama, buracos e mato estão presentes nos três quarteirões dessa via pública, que fica no bairro Arco-Íris, em Santa Rita do Sapucaí. As dificuldades são ainda maiores para os moradores mais velhos. Foi o que verificou a reportagem ao visitar o local na última semana.

A Beija-Flores liga a rua dos Curiós à dos Colibris – a última é um dos caminhos para o Centro Empresarial Paulo Frederico Toledo. Sem calçamento, a via é escorregadia, desnivelada e repleta de buracos. O mato cresce no meio da rua e principalmente onde deveria haver calçadas. Faltam cestos de lixo. Cães sem dono incomodam os transeuntes.

A costureira Maria Benedita de Jesus, 84, está entre os moradores que mais sofrem. Viúva há 58 anos, ela mora sozinha e têm saúde frágil. Para sair de casa, usa táxi ou ônibus. Os carros de praça não passam pela Beija-Flores nos dias de chuva, o que torna necessária uma caminhada sobre o barro até uma via pavimentada. Já o ponto de ônibus fica em um bairro vizinho, o Novo Horizonte.

Benedita enfrenta outro obstáculo para chegar ao ponto de ônibus: os cachorros soltos que encontra pelo caminho. Há alguns meses, uma cadela atacou a costureira, perfurando um vaso sanguíneo de sua perna esquerda. Depois do incidente, Benedita passou a carregar um galho de árvore para se defender. “Tem cachorro solto para todo lado. Tenho que andar com um pau até pegar o circular”.

A costureira conta que a limpeza da rua é feita pelos moradores. “Quando estou com saúde, capino e varro meu pedacinho. Agora, ficou largado”, comenta. A dona-de-casa Maria José Pinto, 64, relata que problemas de saúde a impossibilitam de participar dos mutirões de limpeza. “Dias atrás, foi preciso cada um capinar a sua parte. Estou com osteoporose nos joelhos e não posso mexer com essas coisas. Um vizinho capinou a minha parte”, explica.

Maria José também se queixa da incômoda presença de cães pelas ruas do bairro Arco-Íris. “Cachorro é o que mais tem aqui. Dizem que os cachorros têm dono, mas eles não aparecem”, diz a dona-de-casa.

Outro lado – O secretário municipal de Obras, Luiz Alberto Duarte Julidori, disse à reportagem, por telefone, que a pavimentação da rua dos Beija-Flores está entre as prioridades da administração municipal. Afirmou que a Prefeitura está empenhada em buscar verbas em outras esferas de governo para executar obras na cidade. “Estamos apagando incêndios. Pedimos à população um pouco de paciência”, afirmou Julidori.

Foto: Jonas Costa

Nenhum comentário: