29 de mai de 2009

Ítalo Souza lança nova coletânea de poesias

[Matéria de Jonas Costa para a Gazeta do Vale]

O poeta santa-ritense Ítalo Manoel de Souza, 23, lançou na semana passada sua segunda obra. O título da nova coletânea de poesias é ‘Anjos do Apocalipse’. O livro de bolso reúne 15 textos sobre temas como emoções e natureza. Os exemplares foram impressos na Tipografia São Miguel e estão sendo vendidos a R$ 4 cada.

Ítalo diz que ‘Anjos do Apocalipse’ reflete suas experiências pessoais, assim como ‘Pássaro solitário’, primeira coletânea do autor. O objetivo da obra inaugural, diz ele, era defender a liberdade de expressão. “Sou como um pássaro solitário e quero me livrar de correntes invisíveis”, justifica. No segundo livro, o poeta aborda suas “fraquezas, dores, derrotas e vitórias”.

A personagem Menina Anjo, citada várias vezes em ‘Pássaro solitário’, não aparece na nova obra. Ítalo explica que está tentando se libertar da paixão pela musa inspiradora. O poeta diz que sua maior preocupação atual é com a falta de sensibilidade dos seres humanos. “O mundo precisa de mim e de cuidados. Faltam amor e compreensão às pessoas”.

Ítalo Souza criou seus primeiros versos há três anos e hoje contabiliza mais de 300 poesias. Ele planeja lançar mais duas coletâneas até o próximo ano: ‘Faces do espelho’ e ‘Gritos de Angola’. O poeta vende seus livros pelas ruas de Santa Rita e pretende disponibilizar exemplares em bancas de jornal da cidade.

Foto: acervo particular

Nenhum comentário: