29 de mai de 2009

Linear anuncia compra dos bens da Phihong



[Matéria de Jonas Costa para Gazeta do Vale]

A empresa santa-ritense Linear Equipamentos Eletrônicos acertou a compra do prédio e das máquinas que pertenciam à Phihong PWM Brasil. O negócio foi anunciado na semana passada pelo presidente da Linear, José de Souza Lima, em entrevista à Rádio Difusora Santarritense. A Phihong fechou as portas em 2008, teve seus bens penhorados para pagamento de dívidas trabalhistas e acabou sendo adquirida por ex-funcionários em leilão judicial.

A Linear ofereceu R$ 14 milhões pelo patrimônio. A proposta foi aceita pela comissão de trabalhadores e seus advogados. Segundo o vogal da comissão, Alberto Ken Kawamura, esse valor equivale a 70% do débito trabalhista contraído pela Phihong. O montante deverá ser pago em duas parcelas e, em seguida, dividido entre os mais de 1.100 operários demitidos que têm indenizações a receber. Para obter os 30% restantes, a Justiça do Trabalho terá de penhorar novos bens dos antigos sócios da Phihong.

Kawamura diz que a proposta da Linear foi a mais alta das sete recebidas pela comissão. Segundo ele, outros dois fatores contribuíram para o fechamento do negócio: a forma de pagamento e a confiabilidade dos compradores. Primeira empresa de eletrônica de Santa Rita do Sapucaí, a Linear é a maior fabricante de transmissores de TV das três Américas.

De acordo com o diretor de marketing da Linear, Carlos Alberto Fructuoso, alguns setores da unidade santa-ritense serão transferidos para o novo prédio no segundo semestre. O imóvel industrial recém-adquirido receberá funcionários das seguintes áreas: administrativa, financeira, comercial, projetos e produção eletrônica. O prédio atual será utilizado para a ampliação da produção mecânica. Antes da mudança, os itens comprados serão conferidos e a antiga sede da Phihong passará por adaptações.

Fructuoso afirma que a Linear planejava expandir suas atividades em 2009 e preferiu fazê-lo no Vale da Eletrônica. “Vemos dois pontos positivos: a aquisição de um imóvel para ampliar nossas atividades e a contribuição para solucionar um problema social da cidade”, argumenta o empresário.

O diretor de marketing da Linear ressalta que, caso haja necessidade de novas contratações, os ex-empregados da Phihong terão preferência. A fabricante de transmissores tem 280 funcionários em Santa Rita.

Foto: divulgação

Nenhum comentário: