10 de jul de 2009

Prefeitura cede a pressão e reduz taxa para esportistas

[Matéria de Jonas Costa para a Gazeta do Vale]

Pressionada por políticos e esportistas há meses, a Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí reduziu à metade as taxas de utilização do Estádio Municipal Coronel Erasmo Cabral e do Ginásio Poliesportivo Municipal Dr. José Alcides Rennó Mendes (Alcidão). A informação foi confirmada na última semana pelo diretor municipal de Esportes, Hildeu Garcia Ribeiro. As taxas de locação são pagas para a realização de treinos e jogos no período noturno.

A utilização do estádio começou a ser cobrada em janeiro. O valor inicial (R$ 80 por hora) foi reduzido para R$ 40. No Ginásio Alcidão, a locação por 60 minutos caiu de R$ 30 para R$ 15. No início do ano, a Prefeitura havia diminuído a taxa no Ginásio Poliesportivo da Nova Cidade de R$ 20 para R$ 10, cedendo à pressão de usuários do espaço.

Um dos porta-vozes da reivindicação é o vereador João Paulo Sampaio (PDT). O parlamentar solicitou a redução das taxas por meio de um requerimento, que foi aprovado pela Câmara Municipal em 9 de junho e enviado ao prefeito Paulo Cândido da Silva (PV). O requerimento ainda não foi respondido, mas os valores menores começaram a vigorar na primeira semana de julho.

Sampaio diz que oficializou a solicitação por entender que a Prefeitura deve incentivar os atletas amadores da cidade. Ele defende a gratuidade do uso de áreas esportivas municipais. “O estádio e o ginásio deveriam ser gratuitos porque são para aqueles que não têm acesso a outros espaços. Mas isso ainda não é possível, segundo as informações do Executivo”, comenta. O vereador sugere que a Divisão Municipal de Esportes crie um calendário anual de competições de modalidades como vôlei e handebol.

Nenhum comentário: