31 de ago de 2009

Santa Rita recebe exposição voltada a deficientes visuais

[Matéria de Jonas Costa para a Gazeta do Vale]

Sensações. Este é o nome e o objetivo de uma mostra que passará por de Santa Rita do Sapucaí de 1º a 11 de setembro. Criada pela artista plástica Nadja Costa de Souza, a exposição sensorial é dirigida a portadores de deficiência visual. O espaço escolhido foi o Museu Delfim Moreira, que recebe visitantes das 8h às 17h.

Nadja explica que “exposição sensorial é aquela que permite o estímulo de nossos sentidos”. Em ‘Sensações’, a artista busca estimular a percepção tátil, olfativa, auditiva e gustativa. Fazem parte da exposição seis obras de diversos tamanhos e uma instalação contendo frutas, flores, formigas, uma colmeia com abelhas e um casulo com borboletas. Todas as peças foram confeccionadas com papelão e papel machê.

A mostra exige uma estrutura especial. Placas de piso podotátil são colocadas na frente de cada trabalho. As fichas técnicas das obras foram escritas em Braille e com letras ampliadas para que pessoas cegas e de baixa visão tenham acesso às mesmas informações. Os visitantes também são auxiliados pelo recurso da audiodescrição. “Desejo que todos, sem distinção, possam ter a oportunidade de sentir emoção. Trata-se de uma exposição muito diferente, pois ao contrário das demais, o toque é permitido. Foi organizada pensando numa visitação com autonomia pelas pessoas com deficiências visuais”, diz Nadja.

‘Sensações’ já foi montada em Itajubá, no Espaço Cultural João Baptista Brito, durante o mês de abril. A exposição atraiu grande número de visitantes e inspirou um trabalho de estudantes da cidade. O sucesso da estreia rendeu um convite para levar a exposição até Uberlândia, no Triângulo Mineiro, mas a viagem foi adiada por conta da gripe suína.

Nadja é natural de Carlos Chagas, Norte de Minas, e reside em Itajubá desde 1980. Passou a conviver com deficientes visuais quando desempenhava a função de assistente social no Centro de Apoio e Integração das Pessoas com Deficiência de Itajubá (Caidi). Convidada a realizar uma exposição na cidade, decidiu abrir as portas do mundo das artes para os cegos. Assim surgiu ‘Sensações’, sua primeira mostra sensorial.

Nenhum comentário: