11 de set de 2009

Vicentinos promovem encontro regional em Santa Rita

[Matéria de Jonas Costa para a Gazeta do Vale]

A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) pretende reunir duas mil pessoas em Santa Rita do Sapucaí neste domingo, 13. O motivo é a 9ª edição do Encontrão Vicentino, evento que acontece uma vez ao ano no Sul de Minas. É a primeira vez que Santa Rita sedia a reunião religiosa. O tema de 2009 é ‘A caridade como força de evangelização’.

O Encontrão é promovido pelo Conselho Metropolitano de Pouso Alegre, que congrega os conselhos centrais de Alfenas, Bom Pastor (Varginha), Boa Esperança, Guaxupé, Itajubá, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, Três Corações e Varginha. Cada conselho central é dividido em conselhos particulares e conferências.

De acordo com o presidente do Conselho Central de Santa Rita, José Donizete Rufino Marins, o Encontrão serve para aproximar os vicentinos sul-mineiros, que passam a conhecer melhor a atuação da entidade na região. Marins diz que outro objetivo da reunião é apresentar a SSVP àqueles que ainda não são seus membros. Por isso, qualquer pessoa pode participar do evento, sem custo algum.

A edição deste ano será realizada no Ginásio Poliesportivo Municipal Dr. José Alcides Rennó Mendes (Alcidão), a partir das 8h. Haverá palestras com os temas ‘A caridade como força de evangelização’ e ‘Espiritualidade de São Vicente’. A programação do encontro inclui apresentações musicais, coreografias, orações, dinâmica de grupo, sorteio de brindes e exibição de um clipe do músico Gabriel, o Pensador. A missa de encerramento terá início às 14h30.

Os vicentinos prestam auxílio social e espiritual a pobres e enfermos. A SSVP doa alimentos, roupas e medicamentos mediante uma avaliação socioeconômica dos solicitantes. Donizete Marins afirma que a maior preocupação da entidade é com a promoção do ser humano. “Procuramos promover as famílias. Promover é dar dignidade, dar força espiritual, mostrar o caminho de Deus para a pessoa assistida. A parte espiritual é um auxílio para a pessoa caminhar com as próprias pernas”, compara o dirigente vicentino.

Nenhum comentário: